18 - 01 - 2018

Viseu: reunião geral de formadores

Realizámos em Viseu mais uma reunião de formadores para debater os problemas da nossa profissão, no dia 26 de abril pelas 18h. 

Contámos com a presença de 18 formadores que apresentaram preocupações e sugestões para a nossa atividade e ações a desenvolver. A todos aqueles que nos ajudam na nossa missão o nosso agradecimento.

Este grupo de colegas manifestou interesse e disponibilidade em trabalhar connosco na melhoria da nossa proposta de Estatuto do Formador e na recolha de assinaturas para a Iniciativa Legislativa de Cidadãos.

APF reuniu com formadores em Aveiro

No passado dia 12 de abril, a APF reuniu com um grupo de formadores em Aveiro para debater os problemas atuais dos formadores e apresentar soluções e um plano de atuação.

Mais uma vez os formadores foram ativos e manifestaram as suas preocupações, e a APF compromete-se a procurar criar condições para levar o Estatuto do Formador a discussão na Assembleia da República.

Para saber mais informações sobre o Estatuto do Formador contacte a APF (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ).

Castelo Branco: reunião geral de formadores

No dia 24 de março a APF organizou uma reunião geral em Castelo Branco, onde uma dezena de formadores se reuniram para debater a profissão de Formador. Os problemas discutidos são os mesmos que já foram identificados.

Mais uma vez afirmámos a urgência de avançar com o Estatuto do Formador, projeto desenvolvido pela APF em 2013, através de uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos apresentada à Assembleia da República.

Os formadores que queiram acompanhar o processo, participar na melhoria da nossa proposta e recolher assinaturas (são necessárias 35.000), devem contactar-nos. A necessidade de definirmos claramente em termos legais a nossa Profissão é vital para o futuro dos Formadores e da Formação.

Reunião geral de formadores - Porto - 11 de março

No dia 11 de março a APF organizou uma reunião geral no Porto, onde 50 formadores reuniram-se para debater a profissão de Formador.Os problemas discutidos são conhecidos por quase todos os formadores:

  • falta de legislação sobre o Formador (Perfil, direitos e deveres...)
  • precariedade laboral do Formador
  • falta de fiscalização das entidades privadas e aqui acrescentamos a própria falta de avaliações rigorosas
  • enorme carga fiscal e contributiva enquanto TI
  • falta de qualidade e rigor na emissão de novos CCP (Formador)
  • insegurança nos centros de formação IEFP (concurso de bolsa de formadores 2016-2018).
Desta reunião resultou avançarmos com o Estatuto do Formador, projeto desenvolvido pela APF em 2013, através de uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos apresentada à Assembleia da República.
Os formadores que queiram acompanhar o processo, participar na melhoria da nossa proposta e recolher assinaturas (são necessárias 35.000), devem contactar-nos.
A necessidade de definirmos claramente em termos legais a nossa Profissão é vital para o futuro dos Formadores e da Formação.
Oficinas APF
Em destaque
Aos associados
Estatuto do Formador